A segurança na vida de um motoboy!

Desde 2009 existe a regulamentação para o exercício da atividade para profissionais motociclistas que queiram trabalhar como motoboy. Portanto uma vez que existe uma portaria para regulamentar a atividade é entendível que existem regras para a segurança destes trabalhadores.

 

Pois bem, alguns itens de segurança dizem respeito ao seu próprio equipamento que no caso do motoboy é o seu meio de ganhar a vida. Portanto seu veículo precisa estar em dia com toda a manutenção, principalmente observando se o sistema elétrico está em ordem, os freios, a suspensão, enfim faça uma inspeção rápida antes de sair para trabalhar.

Resolução Contran para motoboy profissional
A resolução Contran número 453 indica que todos os motoboys precisam utilizar capacete e vestimenta. No que diz respeito ao capacete existem algumas regras que precisam ser seguidas, por exemplo quando estiver parado o condutor precisa levantar a viseira e somente deverá ser abaixada quando o veículo se colocar novamente em movimento. Já as vestimentas de segurança são: Óculos protetores, colete fluorescente ou com adereços refletivos, luvas, botas e jaquetas.

Seja visto no trânsito
Muitos acidentes acontecem entre motos e automóveis, uma vez que o condutor do automóvel alega que não percebeu que o motociclista estava no local. Dessa forma é imprescindível que o profissional que presta o serviço de motoboy seja notado, não só pelos motoristas, mas também pelos pedestres.

Aqui algumas dicas de conduta:

Manter-se dentro do alcance visual dos motoristas;
Manter o farol aceso;
Sinalizar mudanças de faixa.
Conduza a sua moto em segurança
Não queira ser um espertinho que fica “costurando” com o transito em movimento. Sempre pense na sua segurança. E em caso de condições adversas na pista (chuva, areia, buracos, entre outros) redobre o cuidado.

Outras formas de ter segurança

Não use celular ou outros aparelhos sonoros;
Evite andar sobre as calçadas, mesmo que você esteja com a moto desligada;
Se mantenha em distância segura;
Em caso de congestionamento, reduza a velocidade;
Respeite o limite de velocidade.
Fiquem por dentro dos seus direitos
Qualquer empresa, empregador ou tomador de serviço de motoboys é terminantemente proibida de:

Estimular o aumento de velocidade a motociclistas profissionais;
Oferecer prêmios por cumprimento de metas ou número de entregas;
Dispensar o consumidor do pagamento em caso de atraso na entrega;
Estimular a competição entre motociclistas com o objetivo de elevar o número de entregas.

Comments for this post are closed.